Depilação feminina

Depilação Feminina Íntima

Tanto para a virilha quanto para a virilha parte íntima (que considera a região dos grandes lábios) a depilação dessa região é recomendada por deixar a pele sem pelos e protegida, já que atinge somente os fios. O laser é a melhor opção para quem opta pela depilação definitiva de virilhas. Em média, com a realização de 10 sessões, os fios da área caem completamente e só voltam a nascer se a cliente tiver algum tipo de disfunção hormonal.

O uso do laser é recomendado para mulheres de qualquer idade já que proporciona comodidade e elimina os pontos de inflamação e pelos encravados (foliculite), porém, o laser não atinge pelos brancos. A depilação íntima feminina a laser pode ser completa ou parcial (mantendo a linha do biquíni), eliminando também os pelos na parte lateral e interior das coxas. Assim, é possível estender a depilação para as partes que são cobertas pelo biquíni, garantindo a higiene íntima feminina.

Além da virilha, a depilação das regiões íntimas contempla glúteos (toda a área das nádegas, acima das coxas), glúteos médios (parte interna próxima ao ânus) e ânus. Para este último, a depilação não oferece nenhum risco à saúde, pois não se aproxima da pele da mucosa. É indicado para proporcionar conforto e maior higiene.

Atenção

Para o tratamento dessas regiões, é recomendado o intervalo mínimo de 30 a 45 dias entre cada sessão. A sessão só pode ser realizada com pelos aparentes, portanto, recomenda-se o uso de lâmina ou creme depilatório na área tratada 3 dias antes de cada sessão. Caso não haja pelos mesmo após esse período, deve-se aguardar para realizar a próxima sessão.

Não se recomenda que a depilação da virilha, glúteos médios e ânus sejam feitas durante o período menstrual.

Para seu conforto e segurança, é necessário comparecer às sessões com as áreas a serem depiladas higienizadas.

Mais regiões